17 julho, 2013

10 Jeitos de Usar Óleo de Coco!


A matéria Simples Assim da revista Máxima deste mês é sobre Óleo de Coco.
Eu uso muiiito os óleos de coco, especialmente óleos de cocos babaçu e palmiste, e tem dicas bem bacanas que gostaria de compartilhar e surgiu a oportunidade! 
Segue a reprodução das dicas na íntegra + meus pitacos:

Ele é uma verdadeira benção para a saúde: reforça o sistema imunológico, diminui o colesterol ruim (e aumenta o bom), ajuda a proteger o coração e previne a osteoporose. Mas sabia que o óleo de coco também pode substituir cosméticos e produtos para a casa? Teste estas sugestões superúteis.

1- Prato Saudável 

Trocar o óleo de cozinha comum pelo de coco extravirgem é uma boa pedida. Isso porque ele é rico em gorduras e de fácil absorção: em vez de acumularem no corpo em forma de pneuzinhos, transformam-se em energia. Ao usá-lo em refogados, deixe derreter na panela antes de colocar os alimentos. O gosto de coco fica suave, uma delícia!

Excelente ao sistema imunológico, diria que é a principal função! Faz parte das boas gorduras que devem ser usadas inclusive por quem está em dieta. 

Se ele emagrece sem dieta? Acho difícil dentro de uma alimentação rica de carboidratos, principalmente os de índice glicêmico alto... vai ser complicado só o óleo de coco dar conta do recado, ou seja, não faz milagre sozinho, como em tudo na vida! Mas junto a um equilíbrio alimentar com redução de carboidratos é um excelente óleo para ser usado na preparação de pratos em substituição aos óleos e manteigas (refogar, grelhar, nos preparos, etc), super contribuindo para a redução dos 'pneuzinhos'. As principais: saciedade/redução da compulsão por carboidratos, fortalece a imunidade, anti-inflamatório, e gasto calórico no lugar do carboidrato. Porém se há excesso de carboidratos na alimentação e sem gasto calórico, podem se acumular e aí a tendência é não ver resultados ou até mesmo engordar (em excessos!) o vilão no caso não é o óleo de coco, mas sim o excesso de carboidrato que fica de 'estoque'. 
A dose indicada para perder medidas é começar aos poucos e ir aumentando até 3 colheres de sopa ao dia, acho uma dose alta, que sim pode ser beemmm enjoativa, por isso dar continuidade pode ficar complicado, mas usar na cozinha em substituições já é beemmm mais fácil e só faz bem!
Na preparação de alimentos, a dica é usar o palmiste, por não ter cheiro ou gosto, pela vantagem de ser isento de sabor combina com tudo, sem ficar enjoativo. Óleos de coco, do tipo cocus nucifera - o de praia - vão super bem em doces e preparações como moquecas.
Quanto a ser extravirgem, no caso de coco babaçu e palmiste não faz diferença pelo processo de refino ser livre de insumos químicos e manter suas propriedades.

2- Sem make nos olhos 

Só um produto com óleo na composição é capaz de eliminar totalmente o traço do delineador ou a máscara para cílios à prova d'água Por isso o óleo de coco é uma ótima opção! Coloque um pouquinho num chumaço de algodão e passe nas pálpebras, fazendo movimentos circulares, até retirar toda a maquiagem. Você também pode aplicá-lo no contorno dos olhos para prevenir ruguinhas e melhorar a hidratação dessa área tão delicada.

Solução simples, eficiente e econômica que super funciona. Deixe num potinho de boca larga e junto uma espátula ou cotonete + algodão. Como solidifica no frio, dessa forma fica fácil retirar do pote, e assim que entra em contato com a pele já derrete. Depois, aproveite e massageie toda a região.
Já para retirar a make do rosto, é possível, mas não indico pois requer mais cuidado já que o óleo é um rápido condutor, e parte dos pigmentos da maquiagem podem ir para pele adentro obstruindo os poros. Fica mais indicado usá-lo após o demaquilante habitual, para hidratar.

3- Cabelo Hidratado

Seus fios estão ressecados e você não sabe o que fazer para controlar o frizz... Antes de dormir, umedeça ligeiramente as pontas, coloque uma colher (chá) de óleo de coco morno nas mãos, massageie e distribua o produto com um pente-fino. Depois ponha uma touca de banho e vá para a cama. As moléculas de ácidos graxos do coco penetram na cutícula do cabelo até o córtex, fazendo uma hidratação profunda. Lave os fios no dia seguinte.

Nunca experimentei dessa forma, deixando a noite toda, mas a dica é boa. E mais, pode ser aplicado no couro cabeludo para tratar caspa e seborreia! E como já citei aqui em outros post pelo blog, coloco sempre de 1 a 2 colheres de sopa (derretida) no condicionador, agite bem e cabelos sedosos sem trabalho.

4- Dobradiças silenciosas

Quem gosta de porta rangendo? Lubrifique as dobradiças metálicas com óleo de coco, que tem a vantagem de não manchar móveis claros como os lubrificantes comuns.

Dica que outros óleos também fazem, mas vale a sugestão por ser branco... Aliás, o óleo de coco não mancha 'engordurando' como outros óleos. É um óleo de fácil condução em tecidos, por isso usar na massagem é excelente por ser ótimo condutor de óleos essenciais, e a vantagem de quem é massageado não sair com sensação de pele 'pegajosa'.

5- Sexo Prazeroso

Aumente o conforto durante o ato sexual substituindo o lubrificante industrializado por 1/4 de colher de chá de coco. A vantagem? Se você aplicá-lo todos os dias, os ácidos mirístico e caprílico de sua composição aumentam a elasticidade da pele e da vagina tornando-a mais resistente e macia. Mas atenção: não use o óleo com preservativo, pois ele reage com o látex, causando perfurações na camisinha.

Dica importante, principalmente para mulheres em período de menopausa que reclamam da falta de lubrificação natural recorrendo aos lubrificantes industrializados. O óleo de coco além de natural, tem o benefício explicado acima, além de antimicrobiano, anti-fúngico e antibacteriano! Ou seja, previne e ajuda a tratar de candidíase, herpes, corrimentos e outras infecções.
A matéria falou de medida, mas não se preocupe com quantidade exata e use somente ele.
(na loja virtual tem o Ínti Fem que contém óleo de coco babaçu e demais óleos vegetais e essenciais)

6- Saúde para os cães

O calor e a umidade favorecem o surgimento de feridas nos cachorros. Acabe com elas esfregando óleo de coco na região afetada. O ácido láurico do coco diminui a irritação e mata as bactérias. E para deixar a pele e o pelo do totó mais saudáveis, coloque diariamente na comida dele, 1/2 colher (chá) do óleo para cada 20kg de peso. Em tempo: gato também pode consumir, mas se ele tiver diarreia, suspenda o uso.

Assim como faz bem para os humanos, idem aos nossos amiguinhos. E pode ser excelente para regular o intestino, tanto de cães quanto dos humanos!

7- Xô, coceira!

Se você tem alergia à picada de insetos, alivie a coceira provocada pelos mosquitos esfregando um pouco de óleo de coco na pele. as propriedades anti-inflamatórias reduzem rapidamente o inchaço, além de acelerar o processo de cicatrização.

Coceiras, dermatites, herpes. Pode acrescentar óleo de tea tree e/ou lavanda para potencializar o efeito.

8- Bye, bye, acne!

Para eliminar as espinhas do rosto, do peito e das costas, esfregue óleo de coco na região afetada até que seja absorvido. Mesmo sendo oleoso, ele não obstrui os poros. Mais: o produto contém ácido láurico, que é 15 vezes  (isso mesmo) mais efetivo no combate às bactérias do que o peróxido de benzoíla, medicamento indicado contra a acne. Além disso, o óleo não provoca descamação e irritação, que podem surgir com o uso do remédio convencional.

Isso mesmo, ao contrário do que muita gente pensa o óleo de coco é ótimo para a pele oleosa. 
O prejuízo para óleos em geral e acne, são o de óleos mais densos que podem ficar mais tempo sobre a superfície e se há comedões pode piorar localmente, necessitando de cuidados conjuntos como esfoliação, por exemplo. O que não é necessário com os óleos de coco, que são rapidamente absorvidos.
Já os óleos ou cosméticos à base de óleo mineral ficam sobre a superfície obstruindo os poros. 
Para acne, vale conjugar ao óleo de coco, óleo essencial de cipreste e/ou tea tree

9- Madeira Protegida

Que tal deixar aquele móvel que você adora de cara nova? Numa tigela, coloque uma parte de suco de limão e duas de óleo de coco e misture bem. Depois molhe um pano macio no líquido e passe em toda a superfície da peça. O limão vai dissolver a sujeira e a gordura, enquanto o óleo penetrará nos poros da madeira, bloqueando a umidade e restaurando o brilho. Tudo numa passada só!

10- Cor Natural

Com o tempo, os vasos de cerâmica absorvem a umidade da terra, ganhando manchas esbranquiçadas, ou perdem aquela tonalidade vistosa do barro. Porém, se você espalhar mensalmente uma camada fina de óleo de coco nos objetos, eles ficarão sempre bonitos.

Bom, a 9 e a 10 são dicas para deixar móvel e vasos mais bonitos, mas servem a óleos vegetais em geral, portanto dependendo do custo-benefício vale usar outros.



Aqui no blog Aromais coloque a palavra coco na caixa de pesquisa, e aparecerão outros posts interessantes.

Para saber mais sobre óleo de coco: www.aromarte.com.br/oleosdecoco.htm
Para saber sobre óleos essenciais: www.aromarte.com.br





*


06 julho, 2013

Presença


Se eu quiser falar com Deus
Tenho que ficar a sós,
Tenho que apagar a luz,
Tenho que calar a voz,
Tenho que encontrar a paz,
Tenho que folgar os nós
Dos sapatos,
Da gravata,
Dos desejos,
Dos receios,
Tenho que esquecer a data,
Tenho que perder a conta,
Tenho que ter mãos vazias,
Ter a alma e o corpo nus.

Gilberto Gil




*

01 julho, 2013

Comparações


Em rede social, grupos, panelinhas e por aí afora na vida, tudo funciona do mesmo jeitinho, 30% de compartilhamento, 20% de entretenimento, 10% de aproveitamento construtivo, 15% de reclamação... (claro que a % depende da sua rede de amigos, tá!) e tudo que sobra é feito sob a lente da comparação.
Hoje acordei bem inspirada a escrever, porque pós jogo ontem, vi tristes comparações e até quem atrapalhou a quem comemorava, e principalmente que comparação em geral é um pano de fundo recorrente.

Temos uma mania looooouuuca de comparar! E se um artista ganhou X para um evento, mostramos as mazelas de outros, na ilusão de que uma coisa fosse pagar ou resolver a outra. A grande maioria acredita num ganho em detrimento de outro ou de outros, e pior que acontece exatamente conforme nossas crenças com prejuízo próprio.

Agora são os estádios, como se recursos da não construção destes fosse direcionado para uma necessidade do país. Antes não tínhamos tais estádios e tava tudo igual, ou melhor, tava pior. Agora, ainda tivemos alguns ganhos com as manifestações!

Ninguém percebeu é que pode ter sido justamente a construção dos estádios a começar a colocar a casa do Brasil em ordem e progresso! Arrumação. País do futebol. 'Reforma e construção no país (do futebol)'! 
Quem arruma um cômodo bagunçado sabe o tanto de coisas que um pequeno ato de ordem desencadeia... 
E quando vemos um cômodo arrumado, também temos vontade de arrumar todos os outros, e isso tá refletindo no país também.
Tem até quem inconscientemente nem procura arrumar suas coisas, afinal caos segue ordem, que segue caos, que segue ordem.... simples assim.

E  agora quem reclama da construção está dando, como se diz, murro em ponta de faca, porque se pudesse haver uma relação de ganho para o país já não adianta apontá-los, o dinheiro já está (ou quase) em tijolo, concretos, cadeiras, e não esquecendo que também no pagamento dos trabalhadores.
Grande parte desta soma de investimentos é feita através de empréstimos, e instituições que financiam tem garantia do retorno. E o que dá retorno certo? Alegria! Quem não percebeu que a comemoração da vitória do Brasil da Copa das Confederações (para quem vibrou, independente de qualquer coisa...) foi 'religiosa'? Pois toda alegria é re-ligação com o espírito!
Por que as igrejas católicas ou evangélicas são tão ricas? Porque as pessoas que frequentam sentem plenitude e alegria e doam, e obviamente SIM há retorno, é funcional! Dinheiro surge da espiritualidade. Dinheiro é apenas uma materialização da espiritualidade. E por onde a espiritualidade transborda? Na alegria!

Mas então... a construção dos estádios trouxe aquela looouuuca comparação, e de certa forma, que bom!!!

Funciona assim: 'di-abo" é uma definição etimológica para "aquilo que divide". O que divide, separa é EGO. Toda vez que estamos desunidos, EGO. Toda vez que guardamos rancor, EGO. Toda vez que desacreditamos das bençãos achando que a riqueza é uma fatia, EGO. 
Ego, como 'nome' preferível tá, mas você pode chamá-lo, ou 'conhecê-lo' por qualquer outro nome mais aterrorizante... (capiche?)
Logo, a comparação está a serviço do EGO - porque di-vide, é claro! Está ao contrário de UNI - uni-ão, uni-dade.
Já a palavra Universo é bem interessante é o UNI e seu VERSO, ou seja é Tudo Mesmo!

E estar di-vidido não é assim tão ruim se for entendido, porque o que o Ego não sabe é que também está a serviço da Unidade, nesse UniVerso! De jeito torto, esquisito, chato, temporal... mas a essência de tudo é só o Bem! Veja, eu não estaria aqui escrevendo se não fosse pela 'comparação' que vejo, os protestos provavelmente não haveriam se não houvessem comparações de desigualdade e por aí vai... Loucura é só um termo para um fino véu que sonha em esconder a lucidez!

Podemos ter uma coisa ou outra?
Há uns 10 anos li um livro chamado Os segredos da mente Milionária de T. Harv Eker, e vou confessar que antes dele, achava que escolher por algo era sempre abandonar outro, na necessidade de sempre dividir... pois desde esse livro aprendi que muita coisa não funciona desse jeito não.... Nunca mais esqueci do que Eker cita: você acha que seu braço esquerdo é mais importante que o seu braço direito? Você não vai optar por um ou outro, e sim pelos dois!
(Recomendo a leitura deste livro, na época ele me lançou para um insight para minha pessoal,  o livro é fácil, inteligente e muito espiritualizado, serve para um contexto da vida em geral)

A divisão serve a matéria como lei da física onde dois corpos não ocupam o mesmo espaço ao mesmo tempo. O problema é que transferimos essa noção para a 'geração' de riquezas, onde não se aplica*, simplesmente porque a fonte do dinheiro** não é material e sim e-s-p-i-r-i-t-u-a-l!
E a distribuição de riquezas? Também! Me fez lembrar a passagem bíblica tão significativa de Jesus e a multiplicação de pães e peixes para a partilha.

Comparação e divisão tem função, assim como o contraste é necessário. A comparação com lucidez é um parâmetro útil para escolhas e até é usada no entretenimento! E mesmo uma sensação de conforto emocional perante a outra de desconforto é determinante para escolhas. Já a comparação que insiste é cega, perturbadora, bagunçada, que entristece e inferioriza uma das partes enaltecendo outra, seja qual for. 

Se estivermos sintonizados na Unidade, evitaremos comparar sem necessidade, mas quando o fizermos será com lucidez - usando o ego ao invés de sermos dominados por ele!

Há o suficiente para todos.
Podemos ter estádios glamourosos e também saúde, educação, transporte. Reavaliar nossas crenças, cobrar direitos mas também assumir nossas responsabilidades, fará deste um país melhor a cada dia!


**Importante frisar que ao dizer riqueza, dinheiro, etc... é a fonte de crenças e do bem-estar. E este 'bem-estar' é a medida de cada um, tem bem-estar com  pouco dinheiro, tem bem-estar sem dinheiro, mas que são ricos. Nossa alma é que decide essa medida de bem-estar independente do quanto de financeiro, bem-estar é bem-estar sem comparações! 

*se fôssemos aprofundar, tentando compreender porque essa noção é comum, vamos chegar a nossa dividida mente. Também podemos chegar a conclusão da super valorização de muitas coisas que a sociedade e grupos faz, ou seja, elegemos uma coisa e inferiorizamos e denegrimos outra, mas para não me estender  isso fica de assunto para um futuro post.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...