31 março, 2011

Notas Aromáticas em Óleos Essenciais - Conhecendo e Decifrando

por Milene Siqueira

Os óleos essenciais (oe) estão classificados em três níveis olfativos caracterizados por suas Notas, são: alta (ou topo/cabeça/saída), média (meio/coração/corpo) e de base (básica/fundo), referindo-se à taxa de volatilidade de um oe. 
Assim, as notas altas são a primeira impressão olfativa, são as primeiras a serem sentidas em um perfume, e o que permanece e fixa o aroma são as essências de notas base, as quais serão sentidas por longo tempo; já as médias, são exatamente a alma, o coração de uma fragrância, e fazem o vínculo harmonioso, ligando notas altas à básicas e predominam assim que a nota alta se dispersa.
Uma bela "melodia" olfativa irá depender deste prévio conhecimento trino, ou de uma boa percepção intuitiva.

Cada óleo essencial é classificado por notas dentro das famílias aromáticas e mais precisamente de forma individual; há óleos essenciais com notas intermediárias (ex.: base leve, média para básica), e outros com várias notas ao mesmo tempo (multinotas), também consideradas essências de ponte. A maioria dos livros de consulta à óleos essenciais traz a referência de qual nota pertence cada oe (havendo também divergências ou classificações pessoais conforme cada autor). Em geral, considera-se :
Nota alta : cítricos, mentolados, canforados, coníferas.
Nota média :  florais, especiarias, herbais.
Nota básica : amadeirados, terrosos, resinosos, doces/abaunilhados.

Mas não é só para a perfumaria que o conhecimento de notas aromáticas vale, mas quando pensamos em tratamento, em Aroma como Terapia (Aromaterapia!) como um todo, ou seja, tratamento emocional, vibratório e fisico! 
As características abaixo servem como ponto de partida, pois cada família aromática e especialmente cada óleo essencial carrega consigo suas singularidades, devendo-se levar em conta demais aspectos.

Notas Altas - Vamos imaginar o Cipreste (img), ou um Limão e seu frescor, a limpeza, pureza... Os aromas com nota alta são os aromas mais voláteis, impetuosos, lúcidos, brilhantes, juvenis; são como a brisa que abranda no alto verão. São aromas que movimentam, despertam! Grande parte tem ação solvente, adstringente e emoliente. Atuam melhor nos aspectos da mente consciente (acontecimentos presentes, instantâneos e periféricos). Agem rapidamente, guiam e ajudam pessoas que precisam suavizar a jornada, trazer luz, alegria, ânimo, leveza, flexibilidade, desapego, alívio, descongestionar, abrir "caminhos", pensamentos e a respiração. Pensando nisso tudo, dá para entender porque somem tão rápido quanto chegam.... são livres, leves e soltos! "Acendem a luz" e concedem passagem! 

Notas Médias -  Ligação. Podemos imaginar ou sentir um Ylang Ylang ou um Gerânio. Os aromas com nota média corporificam, envolvem, enlaçam. Traz totalidade, característica da união harmoniosa a que são destinadas. A maioria destas essências é sedativa. Atua melhor nos aspectos da mente pré-consciente (acontecimentos do passado com fácil acesso a recordar, crenças adquiridas, automáticas - nível mental intermediário). Essas essências exalam conforto afetivo, e propiciam virtudes para a resolução de questões ligadas, pois se as notas altas atuam pela abertura da respiração, aqui a abertura se dá à nível de coração, de completude. São sedutoras, envolventes, hipnóticas! Em particular as notas médias florais, irão mexer positivamente com a libido, propiciando contato verdadeiro e entrega.
Notas médias conectam, estabelecem vínculos (legítimos), celebram a harmonia, beleza e autenticidade. A paz resultante é acolhedora, calorosa e compartilhada.

Notas Básicas - traz a estabilidade. Podemos lembrar do Cedro ou do Olíbano. Nesta nota estão os aromas que "permanecem", e nos remetem à valores hierárquicos:  familiares, ancestrais, religiosos, superiores. Nos organiza à partir de nossos apoios essenciais e estabelecendo conexão intuitiva. Traz profundo sentido de proteção. Razões pelas quais nesta classe olfativa está a maioria dos oes usados nas práticas religiosas e meditações. Desenvolve confiança, firmeza, nobreza;  e liberdade responsável, freando compulsões e auxiliando estados mentais conturbados. Atua melhor nos aspectos da mente inconsciente (arquivos sem lembrança, memórias não codificadas). 
Muitos oes de nota de fundo são viscosos, gosmentos, resistentes! Estes oes mais densos fazem um mergulho ainda mais profundo na  mente, rastreando as portas do inconsciente e trazendo à tona lembranças, insights ou sonhos - em geral são memórias de afeto, proteção, espiritualidade, poder pessoal; mostra à consciência aquilo que está guardado à espera de luz, acolhimento e significado; ao mesmo tempo em que desperta nossas fontes energéticas que sustentarão a permanência destes valores.
Podem nos dar conforto em vários níveis, pois nesta classe está a maior parte das essências que nos dão suporte, chão, raiz. 

Imagens que ilustram este post : obras com ref. a Vincent Van Gogh
Saiba mais sobre Aromaterapia / Óleos Essenciais no site Arom'Arte
.
.
.
.

30 março, 2011

Componentes cosméticos a serem avaliados na hora da compra

Componentes em cosméticos que exigem cuidado especial ao usar :
  • Ureia: é um dos hidratantes mais usados em cosméticos tanto pela eficácia quando pelo baixo custo. O que muitos desconhecem é o fato dela ser proibida para gestantes. O principal motivo dessa restrição é que a ureia penetra profundamente na pele, podendo inclusive atravessar a placenta e entrar em contato com o feto em formação, trazendo ao bebê consequências ainda desconhecidas. Com o objetivo de controlar o uso do componente em cosméticos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou, em parecer técnico de 2005, que produtos com dosagens de ureia superiores a 3% da composição total devem ter no rótulo a observação: “Não utilizar durante a gravidez”. A Anvisa ainda proíbe a fabricação de cosméticos que contenham em sua composição mais de 10% de ureia.
  • Parabenos: de acordo com estudo da Universidade de Reading, Reino Unido, publicado em 2004 no Journal of Applied Toxicology, os conservantes parabenos se comportam como se fossem o estrogênio, hormônio produzido naturalmente pelo organismo feminino. O mesmo jornal publicou que o uso de parabenos em produtos cosméticos destinados à área das axilas, como desodorantes, deve ser reavaliado. Estudos recentes levantaram a hipótese de que o uso do conservante nessa região pode estar associado ao aumento da incidência de câncer de mama, o que foi confirmado em teste realizado recentemente. Os parabenos podem ser identificados nas formulações dos cosméticos e desodorantes com diversas nomenclaturas: parabens, Methylparaben, ethylparaben, propylparaben e butylparaben.
  • Conservantes que liberam formol: diversos cosméticos utilizam em sua formulação conservantes que produzem e liberam formol na pele. Além da conhecida toxicidade do formol, estudo realizado no Departamento de Dermatologia da Universidade de Debrecen (Hungria), em maio de 2004, revelou que o formol pode contribuir para o aparecimento de câncer induzido pela radiação ultravioleta do sol.O consumidor pode se proteger destas substâncias observando cuidadosamente os rótulos traseiros das embalagens, procurando pelas seguintes substâncias: quatérnium-15, diazolidinil hora, imidazolidinil ureia e DMDM hidantoína.
  • Propilenoglicol: é um componente usado em ampla variedade de cosméticos como diluente de outras substâncias. Seu uso prolongado pode causar alergias e irritações. Em 2005, estudo realizado com mais de 45 mil pacientes na Universidade de Göttingen, Alemanha, confirmou o potencial sensibilizante do propilenoglicol. A mesma experiência foi feita por profissionais do Departamento de Dermatologia do Hospital Osaka Red Cross, Japão, no mesmo ano, confirmando o resultado. Para saber se o seu produto cosmético contém propilenoglicol na composição, verifique a palavra propylene glycol no rótulo traseiro da embalagem.
  • Óleo mineral e os derivados do petróleo: os derivados do petróleo, como os óleos minerais, estão presentes na maioria dos produtos cosméticos devido a suas propriedades emolientes para a pele. Entretanto, estudos recentes realizados nos EUA e no Japão associam o uso desses componentes ao aumento da mortalidade por diversos tipos de câncer, como o de pulmão, esôfago e estômago, além de leucemia. Isso se deve à presença de um composto chamado 1,4-dioxano, uma substância cancerígena. Para identificar a presença desses componentes em seu produto cosmético, basta procurar no rótulo traseiro as palavras paraffin oil e mineral oil.
  • Benzofenonas e derivados da cânfora: o filtro solar é artifício indispensável para quem quer proteger a pele. No entanto, poucas pessoas conhecem a consequência do uso prolongado de alguns componentes sobre a pele. Pesquisa realizada na Dinamarca, em 2004, apontou a presença de fotoprotetores no sangue e na urina, indicando que esses foram absorvidos pelo organismo. Além disso, assim como os parabenos, esses compostos imitam o hormônio feminino estrogênio. Para maior segurança, no momento da compra de um fotoprotetor, procure nos rótulos as palavras benzophenone ou 3-(4-methyl-benzylidene).
  • Corantes e essências artificiais: A Comissão Europeia de Empresas e Indústrias Farmacêuticas afirma que os corantes e as essências podem causar irritações cutâneas. Pessoas com pré-disposição a alergias devem dar preferência a produtos formulados sem corantes e com baixo teor de essências, ou com componentes naturais e orgânicos.
  • Lanolina, ácido sórbico e bronopol:o lanolin, substância obtida da lã do carneiro e comumente usada em produtos de beleza como substância emoliente hidratante, o ácido sórbico (Sorbic acid) e o bronopol também devem ser evitados por alérgicos.
Fonte: Maurício Gaspari Pupo, pesquisador, coordenador de pós-graduação em Cosmetologia das Faculdades Unicastelo de São Paulo, Unigranrio do Rio de Janeiro e Metrocamp de Campinas e diretor técnico da Consulfarma Assessoria Farmacêutica.

24 março, 2011

Demorando...

Não é uma delícia a gente demorar ?
Demorar no olhar do outro...
Demorar numa conversa onde sente-se e quase não é preciso dizer
Demorar nos cuidados, no abraço, no toque. Carinho.
Demorar na boa leitura
Demorar na visão, nos sabores, nos cheiros. Presenças...
Demorar no namoro... o namorar é um demorar... (quem não sabe "demorar" nunca namorou)
Demora é artesanal... aquilo que é feito com plenitude, entrega, laço
Demora é tempo, existente ou ausente
Há demora chata, vazia, onde o tempo corre onde não estamos
Demora boa é tempo preenchido, enriquecido do que Somos.
.
Milene S.
.
Hoje que tudo parece tão rápido, tão instantâneo, e todo mundo só fala em aceleração, parece ir na contra mão o desejo do demorando, mas acho que não, pois que o essencial não é ter tempo pra tudo, mas ter qualidade no tempo; conseguir adentrar essas brechas, criar espaços no tempo, criar essa infinitude, essa graça... que nos traz justamente a ausência de tempo... o fim do tempo... dos tempos....
O amor é dimensional, e no amor há tempo que não há.



)))O(((

22 março, 2011

O Sabor da Magia


Sinceramente não gostei muito desse filme, O Sabor da Magia. Senti falta de expressão facial da atriz principal. Mas a relação com os temperos é interessante. E o que não deixou o filme passar em vão (ao meu ver) foi uma certa simbologia final. 

16 março, 2011

Não devemos fazer perdurar o excessivo

"Um furacão não dura toda manhã
Uma tempestade não dura o dia inteiro.
E quem os produz ? O Céu e a Terra.
Se o Céu e a Terra não podem fazer o excessivo
perdurar, como pode o homem fazê-lo ?"  
Lao Tzu - Tao Te King


Passaram-se mais de 3 mil anos, e a pergunta de Lao Tzu continua bem viva, a cada dia nosso. 
A mídia nos estimula ao excesso em pequenas e massantes doses, como a se manter também o apego a certeza, a estabilidade e assim à desconfiança. Quando tudo isto é ilusão.
A globalização é ótima, maravilhosa. Mas precisamos romper o lado com o sombrio, e não alimentar essa cadeia pensante e temerosa que vai ganhando força e materialização conforme a alimentamos com temores, suspeitas, desconfiança, crenças negativas e especulativas.
Precisamos estar alertas para saber Escolher.

Estando consciente daquilo que podemos fazer com nosso poder de escolha, e assim agir.
Estar aberto ao momento presente apenas e à inteligência universal, sabendo que a cada sacudida, criaremos novas formas de conduta, de estar e de viver. E se o medo aparecer, não deixe entrar, mande-o embora, dizendo : meu espírito é a centelha divina do Grande Espírito (Deus) e meu corpo o abriga neste planeta, portanto decreto que nada entra em meu pensamento que não seje de luz, de criatividade, de soluções, de prosperidade. Sou tranquila (o) e em equilíbrio. Confiante na ação e sabedoria da natureza e na dos seres que me cercam, e que regulam e protegem à tudo. Assim É.

15 março, 2011

Comum Divindade


"...Penso nisto, não como quem pensa, mas como quem respira.
E olho para as flores e sorrio...
Não sei se elas me compreendem
Nem se eu as compreendo a elas,
Mas sei que a verdade está nelas e em mim
E na nossa comum divindade...."

Alberto Caeiro


*


*

08 março, 2011

Food, Inc - Consciente da Indústria Alimentar




Sábado assisti no YouTube o Food,Inc - tem 2 partes banidas, mas já é suficiente para se ficar pra lá de pensativo e rever os hábitos alimentares. Mesmo que você, como eu,  já tenha visto inúmeros vídeos sobre o mau trato de animais, em especial, bois, vacas, porcos e aves, vale ver Food, Inc.
Quando assisti A Marcha dos Pinguins ( lindo, lindo !), fiquei semanas pensando... eu aqui e nesta época podem lá estarem os pinguins marchando... e essa é a natureza deles, natureza bem poética inclusive.
Agora, Food,Inc., é bem diferente e nada poético, mas igualmente não me saiu da cabeça, eu aqui e as galinhas lá, que ao contrário do documentário dos pinguins que marcham livres na natureza, estas ficam confinadas sem conseguirem ao menos se mover...., a situação dos trabalhadores industriais, rurais, enfim tudo o mais.


Todos deveriam assistir ao documentário, sobretudo adolescentes - caso o mesmo consiga entrar num McDonalds após ver o filme, pelo menos o fará de forma consciente ! 


Da época de nossos avós para cá (aqueles que inclusive estão vivendo mais anos), a nossa alimentação mudou um bocado, e a imposição da indústria alimentar é nova e desconhecida, e a propaganda vem nos vender uma falsa felicidade alimentar, por isso é importante estar consciente, sabendo o que comprar e comer; e como o filme diz, a cada vez que passamos no cx do supermercado é um voto da nossa escolha, não só individual, quanto social (e de preferência sem sacolinhas plásticas !)


+ Legenda em português : [www.factoryfilmes.net].avi 
Basta salvar na mesma pasta que estiver o filme e daí clicar sobre ele e assistir.
Se gravar em disco para ver no aparelho de DVD, deixe o filme e a legenda juntos, lerá automaticamente. /dicas do F. Laszlo
Caso não consiga, tente ver no YouTube em partes, porém há 2 partes que foram removidas pelo mesmo.


05 março, 2011

Les Moines Bouddhistes - My Spirit Flies To You



...*...

Conheça o BOOK !


Esse vídeo é só pra se refletir..., quanta coisa a gente vai ter que resgatar daqui a pouco, não ? As sacolas de pano que antigamente se ia ao mercado é um exemplo mais próximo de resgate acontecendo e na moda, só mudaram de nome : eco-bags ! 
E assim caminhamos.... rs

03 março, 2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...