26 setembro, 2012

Emagrecer com os Japoneses?!

Bom, enquanto estava pesquisando os links de respiração para colocar no post do Intestino Preso, me deparei com os vídeos abaixo. Muito curiosos e bem engraçados. Acho um baratinho o jeito japonês de mídia, são muito divertidos, coloridos, expressivos!

Bom, o vídeo fala em afinar a cintura com apenas 5 minutos diários, usando apenas um elástico nos dedões para alinhar a postura. Este primeiro é basicamente o elástico:



Este acho que é chinês (?), e usa além do elástico, uma almofada ou rolinho na lombar, e os braços para trás:



Tem mais informação neste site.

Olha, gostei muito da ideia! Principalmente porque andava pensando em RPG para dar uma alinhadinha na postura! Tão facinho, que vou testar!!!!!! Daqui a umas 2 semanas volto para contar se houve diferença...


___
Já este é um apito japonês que certamente funciona pela mesma ação da respiração abdominal que comentei neste post. A diferença é que a expiração é feita pela boca, talvez por exercer uma contração maior. Pode ser feito com canudo cortando em 5cm e achatando e selando uma das pontas com fita tipo durex (parte que fica fora da boca). No Google vocês acham fotos sobre como fazer. Bastam 3 minutos diários. Já tinha ouvido o ortomolecular Dr. Eduardo Gomes falar da eficácia deste método em uma entrevista na Rede Vida (sem usar, mas simulando o canudo), pena que não achei a tal entrevista no YT. 
Bom... mas acredito que neste não há tanta diferença da respiração abdominal clássica sem precisar usar nada, mas... principalmente a pecinha de apito é bem curiosa! Veja:



E seja pelo encaixe da postura ou pela respiração, todos estes métodos auxiliam a questão da Prisão de Ventre, quando estas são disfunções corporais como mencionei.

24 setembro, 2012

Intestino Preso - Livre-se!

por Milene Siqueira
A evacuação intestinal é um dos fatores mais importantes na manutenção da saúde. 
Quando as toxinas e gorduras presentes nas fezes ficam por muito tempo no organismo, além de inchaço abdominal e irritação - o tal do "enfezamento" - a saúde em geral recebe efeitos colaterais destas toxinas, que vão desde os problemas com a pele e baixa imunidade à demais agravamentos se algum órgão estiver mais sensível.
Já o uso constante de laxantes como o danoso óleo mineral pode irritar as delicadas membranas da mucosa intestinal que interferem na digestão e na absorção de nutrientes.
A solução é desvendar a causa do problema e agir para a melhora definitiva!


Intestinos que não funcionam fora de casa!

Não é novidade dizer que as mulheres são as que mais sofrem com o intestino preso, principalmente quando estão longe de casa.
As causas normalmente estão vinculadas ao psicológico, como vergonha em achar que vai demorar, que vai fazer barulho, ou até em pensar que vai cheirar, enfim que irão perceber! Ou, porque foram ensinadas de pequena que era feio, ou de que não sentassem em "privadas alheias"..., e aquela memória fica guardadinha, travando até a vontade de evacuar, quando estão fora de casa.
Se o fator psicológico for o seu caso, sugiro a técnica de EFT (clique aqui) para desbloquear estes padrões - e  reflita sobre o quanto atualmente você não se permite sair da ordem a que você ou os outros preveem.
E agregue o óleo essencial de laranja, limão ou tangerina* para potencializar os tappings.
* óleos cítricos são solventes e ajudam na "dissolução" de padrões rígidos, e lembrando que cítricos são fotossensíveis!


Intestinos que não funcionam nem em casa!

  • Fatores psicológicos como os abordados acima podem interferir aqui também. Mas as causas geralmente são outras, como: má alimentação, ingestão de líquidos insuficiente, stress, vida sedentária (falta de exercícios), uso de laxantes (tornando o intestino preguiçoso), medicamentos alopáticos, distúrbios endócrinos, entre outros.Segundo mencionava Dr. James Van Fleet, o problema da constipação é a falta de estímulos neuroquímicos resultante da deficiência de vitamina B. Se este for o caso, a recomendação é 1 cápsula de complexo B ou 3 colheres (sopa) de levedo de cerveja ingeridas diariamente. E associe a uma alimentação rica em frutas, legumes, verduras e fibras (e bastante água!). Avalie qual dos fatores acima pode ser o motivo, e se o problema for crônico uma avaliação médica é indispensável. 
  • Pessoas que têm ênfase na respiratória torácica, geralmente com o formato do corpo de triângulo invertido (yang) são mais sujeitas a prisão de ventre, pois há menor fluxo de oxigênio para a parte digestiva e intestinal. Nesse caso será útil praticar a respiração diafragmática/abdominal: à noite e/ou de manhã deitar de barriga para cima, e respirar deixando o ar ir direto para a barriga - coloque a mão sobre a mesma e sinta estufar -  expire devagar, sempre pelo nariz. Este é um simples e bom exercício diário, que auxilia no equilíbrio e ajuda até a emagrecer! Aqui tem detalhes sobre esta prática, no texto do prof. Hermógenes. Leia este post também sobre Respiração Plena.                                                            
  • E citando ainda a respiração, outra dica fácil e aprovadíssima é a aspiração diafragmática. Podemos achá-la no exercício da abdominal hipopressiva, que teve origem nos exercícios de purificação do yoga (nauli kriyá). Ao lado uma imagem com a explicação. O importante é o corpo esvaziar-se de ar o máximo possível na expiração, contraindo bem o abdômen. Bastam de 3 a 5 repetições do movimento e é importante praticar de estômago vazio. Minha professora de dança do ventre nos ensinou esta prática acrescentando ondulações para massagear os órgãos enquanto o abdômen está contraído, e para alunas que tinham o problema foi a solução ideal!
  • Beba cerca de 1 copo e meio de água filtrada ao acordar, e escove os dentes só após 20 minutos. Programe o despertador se for necessário. Faça isso por pelo menos 10 dias seguidos e adote como hábito! 
  • Se o problema melhora e retorna para atenção regular..., saiba o que a leitura metafísica diz para a questão: quem está com intestino preso anda "avarento", retendo conceitos antigos, desgastados; se intoxicando emocionalmente com o que já deveria ter liberado; apego; dificuldade de transformar; rigidez; pode ser um avarento físico no contato/trocas e com o dinheiro. A solução? Desapego, soltura!


Uso dos Óleos Essenciais em Massagem Abdominal, e no tratamento das Hemorróidas


Os óleos essenciais na massagem abdominal para a prisão de ventre auxiliam relaxando a musculatura, ao mesmo tempo que contribui ativando os movimentos peristálticos. Desintoxicam!

A massagem deve ser feita preferencialmente no sentido horário. Aproveite a dica acima da respiração abdominal, fazendo a massagem previamente.
Óleos essenciais indicados: canela, patchouli, manjericão verde, funcho/erva-doce, capim-limão,
gengibre, laranja e limão, diluídos a 3% em óleo vegetal (como linhaça, babaçu, palmiste, azeite, girassol).
De quebra ajuda a eliminar as gordurinhas localizadas!

Na Loja Virtual você encontra o Óleo para Massagem Desintoxicar - com óleos essenciais de limão, funcho e capim-limão + óleos vegetais de linhaça, babaçu e girassol.

Para as hemorroidas, em decorrência dos problemas da constipação intestinal, use o Regenera (uso externo) disponível na Loja Virtual Arom'Arte. Se o problema persistir, conjugue ao óleo essencial de Cipreste (1 gota em uma quantidade de uma colher de chá de Regenera ou de outro óleo vegetal). Banhos de assento com Cipreste são recomendados (5 gotas para uma bacia de água morna). O óleo essencial de Cipreste pode causar ardor que desaparece rapidamente, e traz alívios em 1 ou 2 aplicações.
O Regenera (regenerador celular e bactericida) também é eficaz nas fissuras e prurido (coceira) anal.

Saiba mais sobre Óleos Essenciais: www.aromarte.com.br



21 setembro, 2012

Igualdade

"Dom Juan, quer dizer que uma vez que o homem aprenda a ver, tudo no mundo passa a ser sem valor? — Eu não disse sem Valor. Falei sem importância. Tudo é igual, e dessa forma sem importância. Por exemplo, não há meio de eu dizer que meus atos sejam mais importantes do que os seus, ou que uma coisa seja mais essencial do que outra; e, portanto, todas as coisas são iguais, e sendo iguais são sem importância.” 

Resposta de Don Juan a Carlos Castañeda, do livro Uma Estranha Realidade.


Quando as coisas se des-envolvem,  transcendemos... o envolvimento desprende-se, as importâncias somem, e curiosamente nos sentimos leves e inteiros! Nesse instante passamos a nos relacionar plenos e felizes.

No des-prender das importâncias mora a igualdade.


03 setembro, 2012

Enlace





"A fragrância tem sido vista como uma manifestação da divindade na Terra, uma ligação entre os seres humanos e os deuses, meio e mediador, emanação da matéria e manifestação do espírito" 
Joanna Hoare



*

02 setembro, 2012

Efeito Borboleta - Filme


Enigmático. 
Faz pensar sobre o poder de decisão que temos, num mar de possibilidades.
Quem está de qualquer forma em algum movimento terapêutico (ou simpleesmente prestando atenção na vida!) pode perceber o "Efeito Borboleta" mais facilmente, o quanto cada ação ainda que muito pequena determina uma série de efeitos em cadeia... e em conjunto. 
O filme realiza a mudança do passado! Yes, acho possível. Tal poder de mudança é sempre através do presente, embora pareça como o filme ter uma ação no passado, é um passado-psicológico, pois note que o personagem está vivendo um presente novo sempre.

Mas tentar arrumar a vida das pessoas envolvidas não dava certo enquanto se imaginava em alterar no decorrer... Para "solução" Evan precisou ir na origem do caos, quando consegue olhar melhor o TODO. E gostei bem mais do final não-alternativo, porque neste uma coisa levou a outra até a informação necessária da trama. 
A vida é meio assim, não? Quando algo dá pane, vamos indo aqui e acolá..., "arrumamos" uma coisa e outra se desajusta por conta própria (ou pelo Sr. Destino). Precisamos do todo e leva-se tempo para "saber": onde o bater das asas começou.

Mas como nesta ficção, na vida também não basta consertar o remendo. E me lembrou de um trecho bíblico:
"Ninguém põe um remendo de pano novo em roupa velha, porque o remendo repuxa a roupa e o rasgão fica pior. Nem se pões vinho novo em odres velhos. Do contrário, rompem-se os odres, o vinho escorre e os odores se perdem. Mas coloca-se o vinho novo em odres novos, e assim ambos se conservam.| Mateus 9:16-17"
O novo no novo, e ao velho renuncia-se. O personagem conclui como os sábios, pela renúncia. e aqui é necessário algum conhecimento além do sentido físico.

E menos enfático mas perceptível são os processos mentais, onde algo aparentemente visto como distúrbio pode estar reverberando na solução dos problemas, e do passado-psicológico que está incluso nisto, mostrando a possibilidade de mergulhar neles, re-significando, desfazendo...

***
Comentei sobre o filme 1. O 2 assisti e é mais monótono, mas tem um final interessante. O 3 não me deu muita curiosidade de ver ainda.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...