20 agosto, 2019

Elemente-se!


Siga no Instagram: @elemente_se





O que é?


O Elemente-se foi inspirado no tema dos elementos, numa proposta de contato e familiaridade com a energia dos mesmos, através dos óleos essenciais (aromaterapia) e de meditações guiadas.
É um pequeno passo para nos tornar mais conscientes de cada uma dessas energias!

Os elementos são energias que estão em tudo, inclusive em nós! Pela falta de cultivo, nós reconhecemos essa energia mais no externo que dentro de nós mesmos, de forma que nossa energia vai ficando condicionada a algo ou alguém!
Para reconhecer a energia interna, precisamos de cultivo, da meditação que é uma das principais formas, e através da intenção, entrando na vibração com os próprios elementos e com as formas vibratórias e naturais que os evocam.

Os recursos como os óleos essenciais, a música, a dança, os florais, os cristais, a própria meditação, nos auxiliam a entrar na sintonia dos elementos reconhecendo-os e integrando-os.

As sinergias do Elemente-se também podem ser utilizadas em recursos terapêuticos, como dentro da leitura dos temperamentos ou da psicologia junguiana, usando os 4 elementos.


___


Muito das meditações e das características dos elementos listadas aqui teve como inspiração o livro A Cura Através da Forma, da Energia e da Luz de Tenzin Wangyal Rinpoche (editora Lúcida Letra). 


_____________________


Os Elementos

Algumas Características:



Espaço - Éter


Tudo se origina, existe e se dissolve no espaço. Espaço e Éter são sinônimos em algumas tradições, e nesta descrição também vou juntá-los. Mas o éter é a luminosidade que também se originou do espaço, é quando o espaço da natureza da mente é compreendido. E do éter surgem quatro manifestações (ou melhor, luminosidades!) na sequência, o ar (éter em movimento),  o fogo (a fricção do ar), a água (o aquecimento do ar) e a terra que é a união destes quatro elementos.

"Quando o elemento espaço está equilibrado, há espaço na vida: tudo o que surge pode ser acomodado. Há tempo suficiente, capacidade emocional suficiente e tolerância suficiente."   Tenzin Wangyal Rinpoche


Palavras-chave: abertura - presença - cura - meditação - possibilidades - potencial - sem fronteiras - a verdadeira base do ser - onipresença - fé - vivacidade -vastidão - amplidão - clareza - quietude - maturidade - equilíbrio - amor crescente - vazio e fértil - capacidade de acomodar tudo - acolhimento.

Espaço/Éter em desequilíbrio: desorientação, alienação, fixação, ocupação, apego, aversão, torpor, indiferença, arrogância, mente nebulosa, estreitamento mental, pesar.
No corpo físico: éter: os espaços do corpo, o oco dos intestinos vazios, boca, ouvidos, tórax, pulmões, bexiga, vasos sanguíneos, vísceras, tecido conjuntivo. Espaço: coração (o início da formação do corpo humano).
Mentalmente os espaços entre um pensamento e outro. A capacidade de atenção da sua mente. A busca pelo que está além dos sentidos.

Contato com o elemento na natureza e dia a dia: a vastidão sem limites do céu, ver o céu noturno, estrelas, planetas.


Sentido: audição (éter)

YANG -  Fogo e Ar
 são semelhantes na energia entusiasmada, projetiva:

Ar

Fluir, desbloquear. O ar liga tudo, é o elemento da comunicação. Traz a mudança dos nossos padrões. Sem a energia do elemento ar não existe transformação! 

Palavras - chave: leveza - sabedoria - conhecimento - comunicação - concentração - ânimo - amplidão - expansão - descontração - contemplação -  movimento - mudança - mobilidade - flexibilidade -  frescor - jovialidade - beleza - harmonia estética - versatilidade - originalidade - compreensão - filosofia - refinamento - transparência - transformação.

Ar em desequilíbrio: limitação - trancamento - solidão - alienação - distração - lentidão - esvoaçamento - nervosismo - ansiedade - claustrofobia - excesso de racionalização - inconstância - empacamento - medos.

No corpo físico: os movimentos, os ritmos da respiração e batimento cardíaco, peristalse do intestino. Governa a informação elétrica em movimento transmitido ao longo do caminho dos nervos. Está localizado no tórax e nos membros superiores.

Contato com o elemento na natureza e dia a dia: através da respiração, ventos, brisas, lugares altos, vastos, observando o céu, o voo dos pássaros, observar fumaça do incenso, empinar pipa, brincar com bexigas de ar.


Sentido: tato
Elemento oposto - de equilíbrio: yin terra - água


Fogo

O fogo eleva o padrão vibracional, despertando e aumentando o prazer, alegria, êxtase. É a força da vitalidade e da inspiração, seja nas atividades do dia a dia, no trabalho ou no caminho espiritual. 

Palavras -chave: entusiasmo -  interesse - intensidade - criatividade - sexualidade - alegria - expansão - clareza - discernimento - magnetismo - alegria - satisfação - foco - concentração - fé - devoção - presença - cura - transformação - propósito - convicção - coragem - vitalidade - intuição - inspiração - prazer - êxtase.

Fogo em desequilíbrio: impulsividade, inquietude, impaciência, irritação, apatia, euforia, fé cega, ingratidão, ira, impaciência, intolerância, desânimo, desinteresse, pessimismo, insatisfação.


No corpo físico: reações metabólicas, estômago, fígado, vesícula; temperatura corporal, sangue, glóbulos vermelhos.

Contato com o elemento na natureza e dia a dia: contato com o sol, ver o nascer ou pôr do sol, fogueiras, velas, olhar a chama da vela, cozinhar.


Sentido: visão
Elemento oposto - de equilíbrio: yin água - terra


        _____________________

YIN  - Água e Terra
são semelhantes na sua energia serena, receptiva:

Água

Quando a vida parece dura demais, a água acalma a mente e as paixões, estreita os laços. 
Água é relaxamento, maleabilidade. É aceitação das situações. É a facilidade e o contentamento em ser quem genuinamente se é! O "gosto" pela vida.


Palavras- chave: bem estar - calma - tranquilidade - conforto - suavidade - autoestima - felicidade - ternura - paz - prazer - relaxamento - alongamento - doação - sensibilidade - purificação - bondade - acolhimento - flexibilidade - fluidez - naturalidade - maleabilidade - afetividade - apreciação - imaginação - doação - entrega - adaptação - sensualidade.

Água em desequilíbrio: sentimentalismo - culpa - frieza - inveja - apego - ciúmes - preconceito - controle - magoá - paranóia - superstição - agitação - excesso de sensibilidade.


No corpo físico: saliva, lágrima, linfa, suor, líquido das articulações, plasma sanguíneo, leite materno, líquido amniótico, urina, gordura, sêmen, enfim todos os líquidos corporais.

Contato com o elemento na natureza e dia a dia: cachoeiras, lagos, açudes, rios, mar, chuva. Na atenção que colocamos no banho, na água que ingerimos, e no paladar em geral.


Sentido: paladar
Elemento oposto - de equilíbrio: yang fogo - ar

Terra


Para se centrar, fortalecer, concluir tarefas. Terra é estabilidade, a base na vida comum. É sentir-se em casa, confiante. Responsável. Ancorado em puro ser.  

Palavras chave: estabilidade - firmeza - segurança - confiança - ordem - organização - responsabilidade - praticidade - dignidade - tolerância - paciência - aceitação - abundância - sustento - estrutura - planejamento - humildade - nobreza - dignidade - manutenção da saúde - prosperidade - fertilidade - ancoragem/aterramento - serenidade - tranquilidade - equanimidade.

Terra em desequilíbrio: teimosia - rigidez - inflexibilidade - incerteza - dúvida - desconfiança - insegurança - monotonia - solidão - avareza - ausência de continuidade - falta perseverança - depressão - insensibilidade - resignação.

No corpo físico: ossos, tecidos, músculos, raízes (dentes, cabelos, unhas), base do corpo - pés, pernas, joelhos, cóccix.

Contato com o elemento na natureza e dia a dia: andar descalço, caminhar com atenção plena, sentir o chão, abraçar árvores, mexer com plantações, modelar argila.


Sentido: olfato
Elemento oposto - de equilíbrio: yang ar - fogo



_______________________

Aromaterapia

As sinergias de óleos essenciais


"Em Reforma"  - enquanto isso entre na vibe dos elementos via Instagram: @elemente_se



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...