22 outubro, 2011

Presidenta sim !

Lá na época do ginásio aprendi que o feminino de presidente era presidenta - nunca mais esqueci.
Depois no colegial técnico, tínhamos cargos durante todo o ano letivo - como uma empresa - e o cargo de maior importância pertencia a uma mulher, chamada de presidenta. Nem se cogitava essa de a presidente, estávamos no ambiente escolar, e o ensinamento era similar ao do dicionário, feminino de presidente= presidenta ! Se soou esquisito no início, não me recordo, e eu não sei se pelo costume, mas gosto imensamente mais da palavra presidenta !


Aí que circula um e-mail e repasses nas redes sociais, de que está errado a presidenta Dilma querer ser chamada por presidenta, e enumera razões para isso, como ser estudante e não estudanta e por aí vai,  ou outro sem citar Dilma, mas com jeitinho de deboche. 
Para acabar com a dúvida de quem a tinha, o artigo do IG fecha a questão com um excelente e esclarecedor texto (abaixo).
Paralelamente me lembrei do texto da Dúnia que li há algumas semanas, quando falava desta coisa das palavras, algo simples, banal, mas extremamente simbólico. 
E espero que os meios de comunicação respeitem cada vez mais a vontade pela preferência pelo termo presidenta, para criar sonoridade, costume, tradição e modernidade, pois nunca tivemos uma mulher ocupando este lugar perante o país... e se você pesquisar irá ver que exceção atual mesmo é uma mulher ser chamada pelo masculino "presidente", espero que isto sim soe esquisito, como me soa...



Presidente ou presidenta? O iG esclarece a dúvida

Linguistas explicam a correção da palavra presidenta e mesmo a

 oposição vê no seu uso uma evolução dos costumes

iG São Paulo 15/09/2011 07:00
A palavra “presidenta” existe na língua portuguesa desde 1872. E desde 1925 
ela consta como verbete do dicionário Caldas Aulete, revela, com exclusividade
para o iGum estudo feito pelas lexicógrafas Marina Baird Ferreira e Renata
e Cássia Menezes da Silva, da equipe do dicionário Aurélio. Mas quase um 
século depois de ser dicionarizado, o substantivo feminino de presidente ainda 
causa estranhamento e leva muitos leitores  do iG, que adota o uso do termo, 
a questionar sua correção ortográfica.

2 comentários:

Davi Miranda disse...

A respeito dessa questão, recomendo a leitura do conteúdo deste link:

http://discordiagramatical.blogspot.com/2011/06/o-sufixo-proibido.html

Milene disse...

Oi Davi, muito bem explicado em seu blog ! Valeu !!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...